No controle do leme do barco

“A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto.”  Provérbios 18.21.

As nossas ideologias são construídas com base em nossas vivências sejam elas religiosas, familiares, sociais, sentimentais dentre outras.  Nós fazemos uso das experiências que elas nos transmitem, usualmente através de sentimentos bons ou ruins, para afirmar as nossas verdades pessoais. O problema de transmitirmos as nossas ideologias é fazer delas verdades absolutas para o bem comum. Eu creio que algumas podem influenciar positivamente as pessoas, entretanto outras não. Há guerras que o mundo já travou baseadas em ideologias sincretistas como o arianismo.

Positivas ou negativas as ideologias precisam ser faladas e ditas para influenciar vidas.  Este é o motivo pelo qual devemos tomar cuidar do nosso coração antes de dirigirmos as nossas palavras a outrem. Tiago escreveu:” Da mesma boca procedem bênção e maldição.” Tiago 3.10.  Ele também compara a língua ao leme de um navio, muito menor que este, mas capaz de conduzi-lo por águas tranquilas ou jogá-lo sobre os rochedos (Tiago 3.4-5).

A única maneira de nossa língua não se tornar um objeto de destruição é enchendo o nosso coração da graça de Deus. Com ela vem o amor e o perdão que nos fazem pessoas mais temperantes, pacificadoras, amorosas  que são preceitos fundamentais na “ideologia” do Reino muito superiores aos nossos pessoais.” [...] Pois a boca fala do que está cheio o coração.” Mateus 12.34.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s